Casarão do Boneco Belém

O Casarão do Boneco Belém é um espaço cultural, sede do grupo In Bust- Teatro com Bonecos, no qual se desenvolvem ensaios, apresentações, oficinas, exposições, reuniões e encontros de produção artístico-culturais, todos realizados de maneira colaborativa e autogestionada junto a parceiros dos grupos e coletivos cênicos: Produtores Criativos, Animadores de Caixa, Projeto Vertigem, Vida de Circo, Sorteio de Contos, Cia de Teatro Madalenas que atuam na cidade de Belém.

Desde 2004 é referência para atividades culturais de grupos da cidade de Belém e de outros estados.

Participe dos eventos, assista aos espetáculos, freqüente as oficinas e a exposição, realize com esses coletivos a existência do Casarão do Boneco!

Teatro no Brasil

O teatro em terras brasileiras nasceu em meados do século XVI como instrumento de catequese dos Jesuítas vindos de Coimbra como missionários e índios. Era um teatro, portanto, com função religiosa e objetivos claros: evangelizar os índios e apaziguar os conflitos existentes entre eles e os colonos portugueses e espanhóis. O primeiro grupo de Jesuítas a desembarcar na Bahia de Todos os Santos, em 1549, era composto por quatro religiosos da comitiva de Tomé de Sousa, entre os quais o padre Manuel da Nóbrega. O segundo grupo de missionários chegou à então Província do Brasil no dia 13 de julho de 1553, como parte da comitiva de Duarte da Costa. No grupo de quatro religiosos estava o jovem José de Anchieta (1534-1597), então com dezenove anos de idade.

A população estimada de 57 mil habitantes era composta por colonos, muitos deles criminosos, e índios em sua maioria de vida nômade. Os jesuítas mantinham os indígenas em pequenas aldeias, isolados de dois terríveis perigos: a vida desregrada e a escravidão impostas pelo homem branco explorador e o consequente retorno ao paganismo. A tradição teatral jesuítica encontrou no gosto dos índios pela dança e pelo canto um solo fértil e os religiosos passaram a se valer dos hábitos e costumes dos silvícolas – máscaras, arte plumária, instrumentos musicais primitivos – para as suas produções com finalidades catequéticas.





Tematicamente, essas produções mesclavam a realidade local (tanto de índios quanto dos colonos) com narrativas hagiográficas (vidas dos santos). Como toda espécie de dominação cultural prescinde um conhecimento da cultura do dominado, o Padre Anchieta seguiu o preceito da Companhia de Jesus que determinava ao jesuíta o aprendizado da língua onde mantivessem missões. Assim, foi incumbido de organizar uma gramática da língua tupi, o que fez com sucesso.

Casarão do Boneco Belém Preços

Os preços variam de acordo com os espetáculos escolhidas. Você pode consulta-los acessando o Facebook ou site do local.

Casarão do Boneco Belém – Trabalhe Conosco

Se você tem paixão pelo que faz e garra para alcançar seus objetivos, junte-se ao time do Casarão do Boneco Belém.  Para alcançar seu objetivo de negócios, a empresa procura os melhores talentos e profissionais que queiram crescer continuamente com a empresa. Você se encaixa neste perfil? Acesse o site da empresa e envie o seu currículo.

Horário de Funcionamento Casarão do Boneco em Belém

  • horário varia de acordo com o espetáculo, verifique a programação do Teatro para confirmar o funcionamento.

Endereço e Telefone Casarão do Boneco em Belém

  • Av. 16 de Novembro, 815 – Batista Campos – Belém – PA
  • Telefone: (91) 3241-8981

Mapa de localização





Deixe seu comentário